Br Nature br nature Nossos Guias Compre nossos Guias Compre nossos Guias
Br Nature Água Salgada

Nome científico: Sparisoma amplum (endêmico
do Brasil)

Nomes populares: peixe-papagaio-de-recife, bobó

Tamanho: até 70cm

Dieta principal: Algas, corais, detritos e
microrganismos que crescem sobre as algas e
rochas

Status de conservação: pouco preocupante

Curiosidades: O peixe mais bonito do Brasil?
Sem dúvida o papagaio-de-recife é um forte
candidato! E também a peixe mais estranho. O
papagaio-de-recife, assim como outros
peixes-papagaios, muda de cor, forma e sexo ao
longo da vida. Quando jovem é amarelado e,
depois, atinge a sua fase chamada inicial, onde
fica vermelho e amarelo e pode ser macho ou
fêmea. Agora é que vem a parte complicada...
Algumas fêmeas podem se tornar indivíduos de
fase terminal, ganhando cauda alongada e
coloração azul e vermelha e mudando de sexo
para machos. Os machos de fase terminal
passam o dia defendendo seu território e têm
um harém de fêmeas. Só não se deixe enganar.
O nome terminal só quer dizer que o peixe está
na última fase da vida, que não tem volta, mas
não que está para morrer! Os peixes papagaio
ganham este nome pelas cores e pelos dentes
fusionados em placas, que parecem com o da
ave. Comem algas e corais que raspam ou
escavam no fundo do recife e tem um importante
papel em criar espaços no fundo, que podem
ser colonizados por corais, e em controlar o
crescimento de algas que poderiam sufocar
animais que vivem grudados no fundo. Ao
triturarem os corais e algas que comem em seu
aparelho digestivo, o papagaio ainda é capaz
de defecar areia, sendo um importante criador
de sedimentos no mar. Um peixe não só belo e
curioso, mas também muito importante para a
saúde do ambiente marinho!

 
Fale Conosco
email